Citações, Música, Fotografia, Desabafos, Notícias & Opiniões de uma Lusitana em Terras da Germânia

Donnerstag, September 28, 2006

Reflexão do Dia

::
::
::
::
::
"War is always the choice of the chosen who will not have to fight" Bono
::
::
::
Comments:

16 Comments:

  • At 11:03 nachm., Blogger Sandra said…

    Excelente frase, dita por um GRANDE SENHOR !!!!

    Grande som !!! É o meu toque do telemovel... :)

    Beijocas :))

     
  • At 12:08 vorm., Blogger Carmem L Vilanova said…

    Exactly!!!
    Definicao perfeita, amiga!
    Beijos e saudades!

     
  • At 10:27 vorm., Anonymous paulo povoa said…

    Ora aí está uma grande verdade, só quem não vai lutar é que decide fazer a guerra.
    Mas sem guerra também se luta, deseja-se é que sempre se lute pelo que está correcto, e que se lute para se ser cada vez melhor, ou se lute para se manter o que já se é :)
    Beijos

     
  • At 12:27 nachm., Blogger Thinker said…

    Qualquer fenómeno humano que se use da guerra para atingir fins, é apenas sintoma de que a capacidade racional de pensar morreu.

    Esta frase de Bono já a tinha ouvido, lindo, assimilado há muito. Infelizmente é uma realidade corrente dos tempos, o uso da Guerra, do poder absoluto que prolifera, da maçonaria, dos lideres, ou dos que se fazem lideres...

    Uma humanidade desumana...


    Boa reflexão, e até breve :)

    Beijos

     
  • At 1:25 nachm., Anonymous Jorge G. said…

    Richtig! Bono ist richtig, Micas! Vim hoje conhecer a tua casa, com a porta virada parao mar. Se aí vives, na Alemanha, é muito natural que sintas falta dele. Vim aqui através do blogue da Luísa e da Jo, o "Ecos do Tempo" onde fizeste um comentário. Gosto do teu mundo. Logo a abrir, S. de Mello Breyner! OK! Vale a pena! Olha, convido-te, e à comunidade portuguesa e aos alemães que entendam um pouquinho da nossa língua, a visitar os meus "mundos". São 7, mas se entrares num, há lá links para os outros. Aguardo a visita. Um abraço desde Lisboa Jorge G.

    Jorge - Lisboa | Email | Homepage | 28-09-2006

     
  • At 2:59 nachm., Blogger avelana said…

    tudo sao escolhas na vida....

     
  • At 12:29 vorm., Blogger Estrela do mar said…

    ...uma lágrima minha que eu quero que se transforme num sorriso para te desejar uma boa noite...


    Besitos

     
  • At 2:32 nachm., Blogger Diogo Ribeiro said…

    A frase de Bono parece ser pertinente quando se lê da primeira vez, mas tem que ser dito que na verdade há situações em que a não há alternativa a não ser a guerra. Não acredito inteiramente na guerra como um utensílio para atingir fins mas muitas vezes é necessária para acabar com guerras já existentes. A guerra é o derradeiro preço que pagamos pela paz, e sem ela situações como as guerras mundiais talvez nunca tivessem sido devidamente resolvidas. Sem guerra, como teríamos travado o jugo nazi?

    O catálogo de atrocidades a que uma guerra nos submete é terrível mas tudo na vida tem um preço, e por vezes essas atrocidades são aquilo pelo que devemos passar antes de chegarmos à paz.


    Abraço, bom fim de semana.

     
  • At 2:59 nachm., Blogger Pé de Salsa said…

    Claro. Se os que fazem a guerra fossem obrigados tivessem de ir prá frente de combate, não haveria guerra.

    Boa reflexão!

    Bom fim-de-semana.

     
  • At 7:17 nachm., Blogger TXARI said…

    a guerra é a derradeira resposta cando o home declina cualquer oitro caminho, é a senda que nunca has de colher...muita razóm a do bono...

     
  • At 4:51 vorm., Blogger Simbelmune said…

    Eu sentiria que há guerra em larga escala quando há guerra connosco mesmos - quando se substitui "responsabilidade" por "culpa" e "características" por "defeitos".

    Há guerras em larga escala quando há guerra com quem se ama; há guerras em larga escala quando há guerra com quem se trabalha; há guerras em larga escala quando há guerras para se ter razão numa conversa de café; há guerras em larga escala quando se transforma um jogo de futebol numa escalada nuclear, quando se faz do orçamento de estado ou da função pública um ataque terrorista, quando vemos constantemente os ciscos nos olhos dos responsáveis políticos sem ver as traves nos nossos...

    Não sei se creio em frases feitas vindas de personagens mediáticos - no fundo os showman vendem(se) e fazem vida assim.
    É sempre fácil mandar bocas aos arbustos (use-se o termo anglo saxão da língua franca atual), mas é sempre complexo meter a mão em consciência própria e assumir a nossa quota parte de responsabilidade por todas as guerras actuais.

    Pensamentos, palavras, atos e omissões - por minha responsabilidade também as bombas caem.

    Que eu possa melhorar cada passo, cada opção e cada momento de comodismo com vista a fazer uma "manif" silenciosa em cada segundo de vida - não apenas quando a "esquerda" ou a "direita" me usam para fins vários...

    P.S (post scriptum - não pensem coisas "más") - desculpa a ausência, estive em fase "não". Bom estar de volta.

     
  • At 5:07 vorm., Blogger Klatuu o embuçado said…

    O IRA não pôde escolher. E o Bono é um gajo porreiro... e um grande caga-sentenças!

    Dark kiss.

     
  • At 5:15 vorm., Blogger Dark Blue said…

    Excelente música! Excelente frase!
    Sem dúvida a melhor banda deste século!
    Fica Bem!

     
  • At 9:14 nachm., Blogger Nilson Barcelli said…

    A guerra nunca foi solução para a paz.
    A menos que um dos contendores aniquile o outro e a população respectiva. O que não tem piada nenhuma.

    Retirei umas coisas ao fundo da barra lateral (tenho gravado se quiseres repor). Está melhor mas ainda tem um erro. Isto está difícil...

    Amanhã à noite estou de serviço, não te preocupes.

    Um beijo.

     
  • At 5:37 nachm., Blogger Unicus said…

    A não-guerra deve começar em nós. O silêncio a que a maior parte das vezes nos remetemos, é criminoso e faz de nós fazedores de guerras e de outras desgraças.
    Beijo Maria

     
  • At 8:42 nachm., Blogger Clife said…

    Mais uma frase genial e tão verdadeira do Bono, que tanto admiro.

    Um beijinho (:

     

Kommentar veröffentlichen

<< Home


referer referrer referers referrers http_referer