Citações, Música, Fotografia, Desabafos, Notícias & Opiniões de uma Lusitana em Terras da Germânia

Dienstag, November 01, 2005

Samhain

Foto: Micas 31-10-05

Togaidh mise chlach,
Mar a thog Moire da Mac,
Air bhrìgh, air bhuaidh, ‘s air neart;
Gun robh a chlachsa am dhòrn,
Gus an ruig mi mo cheann uidhe. (*)

(*)tradução
Levantarei o seixo do rio
Tal como Maria o levantou por seu filho
Pela sabedoria, virtude e força
Fique este seixo em minha mão
Até que eu encontre o fim do meu caminho.


Pés descalços, sentindo a frescura do orvalho da manhã
Caminho por entre os pomares de verde e ouro
Ocultos no coração da mais bela floresta de giestas
E carvalhos antigos, frondosos, protectores
Neste refúgio de encantamento que
Hoje abre um novo ciclo de Renovação e Vida
Vou, de alma transparente e transbordante do mais puro [e]terno Amor
Colhendo os frutos que te quero ofertar
Maças, avelãs, nozes, pinhões, rosmaninho e sálva...
Não esqueço a sidra nem o cálice de onde beberemos segredos e sonhos...
Aqui
D
e
s
n
u
d
a
d
a
Guardo o sabor na pele dos teus lábios de mel
No centro deste círculo mágico de Pedras, Fogo e Luz
O meu ventre te evoca, amigo, amante de outras eras...
Vem...
Dá-me a mão e vem saltar as fogueiras de Tlachtga
Que se acenderam ao pôr-do-sol
Escutando murmúrios de VIDA na clareza do silêncio(...)

(Micas 31-1o-2005)

Comments:

15 Comments:

  • At 2:40 nachm., Blogger mfc said…

    Estou a ver que tudo está a melhorar...
    Um beijo grande.

     
  • At 7:44 nachm., Blogger Menina_marota said…

    Lindo!! E uma imagem espectacular! Grata pela partilha ;)

    Um abraço carinhoso :)

     
  • At 9:10 nachm., Anonymous Maria do Céu Costa said…

    Um post que da suas palavras emana serenidade. Beijinhos.

     
  • At 12:02 nachm., Blogger Nilson Barcelli said…

    Não te sabia tão boa fotógrafa. Gostei, é uma boa fotografia.
    A ida à Inglaterra inspirou-te para este bom bocado de prosa, por certo.
    Beijinhos

    ps: o post que comentaste era desta semana; mas já há outro...

     
  • At 3:55 nachm., Blogger cm said…

    Por vezes há palavras dispersas no vento da vida que refazem olhares ondulantes nas fogueiras carmim de um fim de dia...haja esse murmúrio de VIDA...

     
  • At 5:06 nachm., Blogger Manel do Montado said…

    "Guardo o sabor na pele dos teus lábios de mel"
    É divinal este poema que me faz evocar , sem estar certo, musica celta e rituais gaélicos.
    A fotografia, o poema, recorda-me aquela alvorada antes da batalha em que os escoceses liderados por William Wallace, arriaram uma coça das grandes aos ingleses.
    Premeia-nos com mais momentos destes, pelo meu lado agradeço a honra da partilha da tua sensibilidade.
    Auf wiedersehin!

     
  • At 1:19 vorm., Blogger Salucombo_Jr. said…

    extranhamente excelente...
    gostei...

     
  • At 5:26 nachm., Blogger TMara said…

    adoro esta tua música (diz quem é e nome da canção). Ah e passa lá por casa. Bjocas d eluz e paz. {Está tudo melhor contigo?}

     
  • At 12:23 vorm., Blogger Furão said…

    Obrigado pela tua visita. Tentando retribuir, aqui fiquei, tentando escutar "murmúrios de vida na clareza do silêncio". E consegui. São musicais, quase mágicos, esses murmúrios. Excelente espaço.

    Parabéns

    Bjs



    (se este comentário aparecer repetido foi devido à confusão de haver 2 espaços para comentários e eu em dilemas, prefiro jogar pelo seguro)

     
  • At 12:36 nachm., Blogger Natalie Afonseca said…

    Olá Micas!!
    Que Lindo e a fotografia completa tudo!!
    "Dá-me a mão e vem saltar as fogueiras de Tlachtga
    Que se acenderam ao pôr-do-sol
    Escutando murmúrios de VIDA na clareza do silêncio(...)"
    Adorei!!
    Eu tenho andado ocupada com a Universidade e tempo para tar sentada em frente ao computador é escasso!! :(
    Gosto do teu blogue!!

    Muitos beijinhos!
    Bom fim-de-semana :)

     
  • At 2:06 vorm., Blogger isa xana said…

    que bonito Micas

    *

     
  • At 12:53 nachm., Blogger eduardo said…

    Bom dia, Micas.
    Ou muito me engano ou refletes aqui pensamentos seculares de um povo vezes várias esquecido e filosofias áureas que a Humanidade nunca soube traduzir.
    Poderei enganar-me devido á minha douta ignorância. Mas gostei de reler o que há muito me passou pelos olhos já cansados, e reavivar de certa forma alguns dos meus próprios desencantos.

    Um bom domingo.

    ps - a indisponibilade traíu-me. Falta-me tempo para estar ao pé de ti mais vezes. Desculpa-me por isso. Beijokas.

     
  • At 3:25 nachm., Blogger mfc said…

    Olá... um bom domingo para ti.

     
  • At 7:30 nachm., Anonymous Friedrich said…

    Adorei tudo, mais palavras para quê? Ao som desta música linda, só me apetece esticar-te a mão e saltar as fogueiras ardentes do coração...

    Beijos, bom fim-de-semana

     
  • At 10:39 nachm., Blogger Estrela do mar said…

    ...Micas...eu li uma vez tu dizeres que não tinhas jeito para escrever coisas assim...está LINDOOOOOO...continua @miga...


    beijinhos e tem uma boa semaninha.


    P.S. Então o teu pai, está melhorzinho?

     

Kommentar veröffentlichen

<< Home


referer referrer referers referrers http_referer