Citações, Música, Fotografia, Desabafos, Notícias & Opiniões de uma Lusitana em Terras da Germânia

Montag, Juli 04, 2005

Münster celebrou 1200 anos


A minha cidade esteve em festa durante os últimos 3 dias. Celebrou-se os 1200 anos de Münster sob o mote de “Uma nova Espiritualidade”.
Esta cidade considerada a principal cidade histórica e cultural da Westfália deve o seu nome ao Bispo Liudger, um padre católico nascido no ano de 742 em Utrecht. Em 792 Karl dem Großen chamou Liudger tendo-lhe dado como tarefa a cristianização da Westfália e da Frisía. A aldeia para onde foi enviado Liudger tinha o nome de Mimigernaford an der Aa (Münster actualmente), lá ele fundou um mosteiro com escola eclesiástica e mandou construir a catedral de Paulus. Foi sagrado 1º Bispo de Münster no ano de 805. Foi ele o principal responsável pelo forte crescimento cultural e econónico da cidade.


Ao fundo o edifício da Câmara Municipal onde foi assinado o Tratado de Paz da Guerra dos 30 anos.


Mais tarde foi o Bispo Clemens August Graf von Galen, que ficou conhecido como “O Leão de Münster” devido à sua luta contra a eutanásia, contra o terror da Gestapo e repressão religiosa. Provávelmente este Bispo será canonizado em Outubro próximo.



Durante estes 3 dias de festa, realizaram-se 80 palestras, 100 concertos de música espalhados pela cidade, entre outros o do carrilhão da Catedral e do orgão da Igreja Lamberti, que foram a meu ver qualquer coisa de fabuloso.



Houve também como que um recuar no tempo onde várias pessoas de todas as fachas etárias, se vestiram com fatos de várias épocas e se misturaram com os visitantes espalhados pela cidade, mostrando um pouco da história da Westfália.



Achei muito interessante e bem mais engraçado do que os nossos cortejos histórios, onde todos seguem uns atrás dos outros com cara de caso.



Os visitantes ficaram com a ideia que realmente tinham recuado no tempo, mesmo que o tempo não tenha ajudado, já que apesar do calor a chuva teimou em cair sem contudo ter estragado a boa disposição de todos que por lá andaram.




Mais informações aqui
Comments:

21 Comments:

  • At 3:10 vorm., Blogger Nic said…

    Happy Birthday for Münster and many Happy Days for Micas!

     
  • At 8:28 nachm., Anonymous Espectro #999 said…

        ¦•¦    Tanta coisa para dizer e falta-me o tempo    ¦•¦    provavelmente o melhor é começar do princípio.    ¦•¦    Então aí vai [...] as lições que dás sobre história são deveras importantes, pois ele há coisas que desconhecia por completo    ¦•¦    pensar eu que esse tal de Münster é mais ou menos da minha idade.    ¦•¦    Eh!Eh!Eh! brincadeira.    ¦•¦    Mas o que me chamou mais a atenção foi uma particularidade que eu consegui focar, ou seja    ¦•¦    há muito que ando a indagar de onde raio vieram os frísios, ao que ninguém me conseguiu explicar    ¦•¦    até que surges tu a abrir novos horizontes sobre essa matéria, pois ao referires Westfália indicas    ¦•¦    suponho eu, que a Frísia ocupasse território que hoje é Alemão.    ¦•¦    Certo ?

        ¦•¦    A outra coisa é que já te deixei um comentário ao artigo que publicaste no Ser Humano    ¦•¦

        ∇ Beijocas e inté ∇

     
  • At 8:31 nachm., Anonymous Absconditum Mentis said…

    Vem conhecer este magnífico blog.
    Eu, o teu ... há muito que o visito e conheço. Aliás, apesar do que possas pensar, abri-te novas janelas aqui, em Portugal... tu é que nem sequer imaginas.

    Até breve.

     
  • At 12:22 vorm., Blogger Å®t_Øf_£övë said…

    Então estás de parabéns.
    Pela tua cidade e pela bela história que ela tem contida na sua longevidade.
    Boa semana.
    Bjs.

     
  • At 2:29 vorm., Blogger FataMorgana said…

    Ainda não foi hoje que te escrevi :(
    Mas vim dar um passeio contigo, também não está mal...
    Beijinhos, Micas, e saudades.

     
  • At 11:04 vorm., Blogger TMara said…

    Parabéns: pelo excelente post e divulgação cultural e pelos (pouco) aninhos da tua cidade. Felizmente por cá tmb se vão fazendo feiras medievais, árabes e outras...deixaram o modelo de desfile. Bj grande

     
  • At 11:58 vorm., Blogger O Universalista said…

    Bom dia,
    parabéns à tua cidade, deve ter sido uma festa de arromba. Eu tive a sorte de estar em Kiel durante a Kieller Woche, foi também uma semana espectacular. O povo Alemão sabe festejar em grande e com muita alegria... :o)

     
  • At 2:21 nachm., Blogger Menina_marota said…

    Estou imensamente grata pela partilha que fizeste e, pelo prazer de ler e "conhecer" locais que desconheço por completo!
    Adorei ler-te e, estou feliz por poderes ir ao jantar do fraternidades ou, pelo menos passares lá para te conhecermos!

    Um abraço terno ;)

     
  • At 5:07 nachm., Blogger isa xana said…

    gosto de conhecer o desconhecido, como qualquer um. achei bem interessante o que me ensinaste, pois não sabia nada disto.

    claro que podes linkar;) e linkar-te-ei também pois gostei do pouco que já vi

    **

     
  • At 5:53 nachm., Blogger O Universalista said…

    Ora pois que fiquei com saudades da Kieler Woche e então resolvi fazer uma pequena pesquisa...
    http://www.kieler-woche.de
    Eu na verdade tenho saudades de toda a Alemanha que eu visitei. Gostava de aí voltar, mas desta vez em turismo franco (em vez de trabalho misturado com turismo) e acompanhado do meu amor. Claro está que passaríamos por Munster para te visitar... :o)

     
  • At 10:35 nachm., Anonymous LUIZ ALBERTO MACHADO said…

    Oi, já estou na área conferindo as novidades e adorando cada visita.
    Voltarei sempre e estarei indicando nas minhas páginas.
    Beijabrações

     
  • At 10:49 nachm., Anonymous Anonym said…

    Estou pela 1ª vez a expressar o qto gosto de visitar a "casadaMicas". Têm sido frequentes visitas e muito agradáveis. Vou continuar...aqui em Viana a viajar com a Micas. Obrigada.Regibamag

     
  • At 1:26 vorm., Blogger Betty Branco Martins said…

    Micas

    Excelente trabalho.Partilhaste a história da tua cidade.

    Obrigada, por aquilo que aprendi aqui, nesta tua "casa" tão acolhedora.

    Beijinhos grandes

     
  • At 4:39 nachm., Blogger Humbertothewizard said…

    São publicações como esta que no meu modesto entender enriquecem qualquer espaço na Net, uma vez que existe a nítida preocupação em ilustrar usos e costumes de outros povos, e não atirar para o ecrã palavras ôcas e vagas, mas sim abrir corredores por onde as águas da divulgação cultural possam circular livremente. Agradeço à Micas ter-me propocionado estes agradáveis e pertinentes momentos fotográficos que mostram um pouco da história e da vida comum da cidade de Munster, que tal como nós, tambem os alemães provávelmente lutam hoje para preservar as suas genuínas tradições.

     
  • At 6:15 nachm., Blogger Tita - Uma mulher, Um blog, algumas palavras said…

    Micas, obrigada pela tua visita! Volta sempre, serás bem vinda!
    Adorei o teu blog! Vou voltar!
    Parabéns à tua cidade!
    bjs
    Tita

     
  • At 8:53 nachm., Anonymous Espectro #999 said…

    Grato Ω pela informação. Ω

    Beijoca e inté

     
  • At 10:26 nachm., Blogger Karlos Alberto said…

    Se algum dia eu vier a tornar-me um turista assíduo na Westfália, garanto-te que terá sido aqui "na tua casa" que se começou a esboçar e nascer a curiosidade .

    O estigma causado pela informação histórica não nos desperta a conhecer a cultura e modo de viver actual.

    Obrigado.

     
  • At 10:31 nachm., Blogger eduardo said…

    Mesmo que os meus dias estejam preenchidos com compromissos que não posso adiar, sei que está tudo aqui registado e qualquer altura é boa para me actualizar e ter o previlégio de me sentar aqui um bocadinho a saber das novas que nos contas. Estou na casa duma conterrânea, então?
    Mais tarde ou mais cedo, dou sempre com a rua onde tu moras.
    Beijokas.

     
  • At 11:11 nachm., Blogger MONALISA said…

    E agora anda festejar comigo....sim?

     
  • At 12:06 vorm., Blogger Pedro Farinha said…

    Bonita reportagem :-)

     
  • At 10:33 vorm., Blogger Seila said…

    Tudo de bom para ti, Micas.

     

Kommentar veröffentlichen

<< Home


referer referrer referers referrers http_referer