Citações, Música, Fotografia, Desabafos, Notícias & Opiniões de uma Lusitana em Terras da Germânia

Freitag, November 26, 2004

Poeta

É arte de poeta
Caneta e papel
Qualquer astro no céu
Amor sem toque de mel
Abandono ao léu

É coisa de poeta
Metáfora escancarada
Rima massacrada
Vírgula abandonada
Assim do nada


É solidão de poeta
Não ter sua musa
Andar só pela rua
Fingir ser amante da lua
Ter a alma nua

É companhia de poeta
Mesa de bar
Um cigarro pra fumar
A musica que faz chorar
Saudade que quer matar

É casa de poeta
Experiência humana
Aventura insana
Palavra profana
A paz que irmana

É sonho de poeta
Seu poema terminado
Sentimento despojado
Um livro publicado
Por você ser respeitado.

M. Farias


Poema da autoria de Monica Farias. Mulher, mãe, lutadora, amiga, sonhadora. Entre outros sonhos, o de ver publicado os seus poemas, que faço votos se concretize muito em breve.
http://www.akiaka.blogger.com.br/

Comments:

1 Comments:

Kommentar veröffentlichen

<< Home


referer referrer referers referrers http_referer